17 junho 2013

Encarar uma Criança

Please do not turn my head!
Please, please, please do not let teachers, professionals, or any other well intended adults, prompt eye contact by physically turning the child's head and stating "look at me!" It is bad enough if you are verbally "prompting" the child to look at you, but physically turning the head is a physical assault on their security. They will have difficulty building "trust" in referencing you if you "force" eye contact. Nothing increases fear and anxiety then someone grabbing your chin and turning your head to face them. It is intimidating, and threatening. If you want children to feel "safe, accepted, and competent" in your presence, do not "pressure" eye contact or any other interaction. Share, relate, and invite, and you will eventually gain "trust" and reciprocity! "Work with me, trust and respect me, and I will reciprocate! Force yourself on me, and you will lose me!"

Traduzindo: Por favor, não vire a minha cabeça!
Por favor, por favor, não deixe professores, profissionais ou qualquer outro adulto bem intencionado induzir o contato visual virando, com a mão, a cabeça da criança e dizendo "olhe pra mim!". Já é ruim o suficiente se você está induzindo a criança verbalmente a olhar pra você, mas mover a cabeça fisicamente é uma agressão física à segurança dela. Ela terá problemas em criar confiança para olhar para você se você forçar o contato visual. Nada aumenta mais o medo e a ansiedade do que uma pessoa agarrar o seu queixo e virar sua cabeça para encará-la. É intimidador e ameaçador. Se você quer que a criança se sinta segura, aceita e competente na sua presença, não force o contato visual ou qualquer outra interação. Compartilhe, mostre e convide, e você vai, uma hora ou outra, ganhar confiança e reciprocidade! "Trabalhe comigo, confie em mim e me respeite, e eu irei retribuir! Tente se impor à força sobre mim e você irá me perder".

via Fanpage Lagarta vira Pupa

Um comentário:

Você achou interessante o que eu escrevi e resolveu comentar... espero críticas - sejam ela construtivas e destrutivas -, desde que não xinguem, tudo bem.
VOLTE SEMPRE!!

Comentários

comments powered by Disqus