01 agosto 2014

Quando se perde alguém…

IMG_1306

O engraçado da vida vivemos sentindo-nos culpados – até mesmo quando não o somos – acredito que por sermos produtos do meio em que vivemos, levamos em conta coisas tão irrelevantes, damos importância a tudo que não nos serve, e deixamos passar momentos únicos em nossas vidas, pronto ai vem a culpa. E foi com a perda do meu irmão (que até hoje não acredito na partida dele), que aprendi que existe vida após o luto, mas vem sempre aquela vozinha dizendo: “como podes viver, sorrir sem a existência dele!” “porque o deixaste partir!”

Estou em tratamento contra meus sentimentos, contra essa dor que teima em me machucar, tento não me sentir culpada, tento sobreviver após aquele primeiro de maio… tento olhar pra frente e seguir sem ele, mas aquela mesmo vozinha vem azucrinar.

Meu irmão, hoje fazem 3 meses da sua partida, e o peito ainda dói, as lágrimas ainda me fazem companhia, e sempre saimos juntos temos aquela frase vívida em nossos lábios: “Se ele estivesse aqui, gostaria disso…” Peço todos os dias em oração que você também se conforme com sua partida, espero que essa culpa cesse! espero mesmo te reencontrar, e o dia que isso acontecer, irei puxar tua orelha por teres partido antes de mim, já que eu sou a mais velha, eu deveria ter ido antes…

TE AMO, de VERDADE

Saudades Eternas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você achou interessante o que eu escrevi e resolveu comentar... espero críticas - sejam ela construtivas e destrutivas -, desde que não xinguem, tudo bem.
VOLTE SEMPRE!!

Comentários

comments powered by Disqus