12 novembro 2013

Você usaria “Coleira” infantil?

ilustra_maefilho_coleira

Antes de ser mãe, via essas coleiras com um olhar REPREENDEDOR, a primeira vez que vi foi passeando pela praça da república, onde uma mãe em meio a multidão andava com seu pequeno, e este não queria saber de colo de forma alguma, e eu via aquilo e me repetia: GENTE COMO PODE UMA MULHER FAZER ISSO COM UMA CRIANÇA?

Até a Mariana nascer, não lembrei da existência dessa coleira, e continuei a minha vida, então MARI começou a engatinhar, que bom, mais uma evolução da minha pequena, então na quando chegamos a avançar mais 3 casas na escala evolutiva da minha filha, descobrimos uma garotinha determinada e voluntariosa, e essa mesma menina quando aprendeu a ANDAR, não queria mais saber de colo, então me veio a memória daquela mulher andando em um domingo pela manhã na praça da república… agora tudo fez sentido, e me perguntei, porque não usar????

Mas o uso indiscriminado, tem que ser revisto, já vi gente puxar seu filho como se puxa um cachorro (que eu acho que não deveriam puxar também), e um comentário sobre o assunto me fez refletir:

Anônimo disse...

É claro que tenho coragem de usar. Mas temos que ter bom senso.
Não vamos usar isso num parque onde levamos as crianças para brincar.
Mas é muito útil onde estamos sozinhas fazendo compras por exemplo e podemos correr o risco de perder uma criança.
Além disso tem os mau-intencionados que são especialistas em sequestros de crianças. Podem dizer o que quiserem mas não vou correr o risco de perder a minha SOPHIA. Porém o bom-sendo cabe em qualquer lugar.
beijo a todos

Então é sempre bom analisar o PORQUE de usar TAL PRODUTO, se é legal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você achou interessante o que eu escrevi e resolveu comentar... espero críticas - sejam ela construtivas e destrutivas -, desde que não xinguem, tudo bem.
VOLTE SEMPRE!!

Comentários

comments powered by Disqus