14 outubro 2013

Círio para a Mariana

Saindo de casa às 6:00. Arquivo Pessoal 
O domingo começou cedo para gente, até porque temos esse compromisso todos os anos, todo segundo domingo de outubro é o dia da padroeira do Pará, mãe das mães, NOSSA SENHORA DE NAZARÉ. Enfim, acordamos cedo e a Mari continuou a dormir, a arrumamos e fomos para a praça da república (aonde estão as arquibancadas), na chegada, a minha filha está pesando 10,300kg então andar de casa até avenida onde a Nazica está é um pouco distante, mas todo "sacrifício" é uma graça.
Com a mamãe, a vovó, vovô e titio na arquibancada no Círio 2013. Arquivo Pessoal

Na caminhada até o local onde ficaríamos, íamos cantando e chorando e andando, e feliz por mais um ano acompanhando este dia, mais um ano com saúde, e a minha bebê encantada em ver as pessoas rezando, compenetradas e pagando suas promessas.
Chegamos na arquibancada cedo, esperamos a nossa mãe passar, e vimos muitas provas de amor a ela. E quando ela passou as lágrimas já banhavam nossos rostos.
 

Pedimos pelos nossos parentes, por nós, agradecíamos pelas graças, pela chegada da Mariana em nossas vidas e claro pedíamos saúde, amor, proteção.
Minha pequena não entendia nada, mas repetia os gestos que todos faziam (ou instintivamente fazia sem precisar mandar) e com a inocência de sua pouca idade recebia a benção de nossa Senhora, eu, simples mortal já havia recebido uma graça há 3 anos atrás, quando fui a corda gestando a Mari, estava com 8 semanas e meio, quando fui na corda sem saber da gravidez, fui pedir pela saúde da minha mãe (que descobrira um câncer na mama esquerda), e sofri falta de ar e aperto na corda (quem já foi, sabe bem do que falo), e pedia pra Nazinha que me ajudasse chegar até o fim do trajeto, que não me deixasse morrer naquele aperto, e a Santa protegeu o bebê que estava em meu ventre (mulheres abortam por muito menos), e hoje minha filha está com 16 meses, saudável, peralta, linda e inteligente.
 
Nossa Senhora obrigada por tudo que me tem dado, pela saúde dos que amo e dos que nem conheço, peço proteção e paz. AMÉM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você achou interessante o que eu escrevi e resolveu comentar... espero críticas - sejam ela construtivas e destrutivas -, desde que não xinguem, tudo bem.
VOLTE SEMPRE!!

Comentários

comments powered by Disqus