16 julho 2012

Uma reação… BCG

bcg
A vacina BCG (contra a tuberculose) é intradérmica, ou seja, aplicada com uma agulha bem fina na própria espessura da pele, causando apenas um leve ardor na hora da imunização. Somente semanas depois é que começa a chamada reação da BCG, com inflamação local e saída eventual de secreção (como uma grande espinha).
A ferida é esperada e necessária. Depois ela vai deixar uma cicatriz, aquela que você também deve ter (olhe no seu braço!).
A feridinha pode durar alguns dias ou até algumas semanas, mas, geralmente, não há dor no local da picada. Se se formou só uma bolinha de pus, com alguns milímetros de diâmetro ou até 1 cm, então provavelmente não é esta a causa do choro do bebê.
Algumas crianças podem apresentar uma reação mais intensa, com uma ferida purulenta bem maior, e até vir a ter gânglios ("íngua") na região das axilas. Nesses casos, muito pouco frequentes, é necessário procurar o médico e tomar antibióticos dirigidos ao bacilo vacinal.
Também pode haver uma infecção secundária no local da aplicação. Se tiver dúvida, leve o bebê ao médico, porque só ele pode saber exatamente o que está acontecendo.
Existe apenas uma situação bem mais alarmante (e rara) em relação à BCG, e não se trata de dor local: bebês com deficiência da imunidade celular podem apresentar uma grave infecção pelo bacilo da vacina e precisam ser tratados imediatamente.
Na grande maioria dos bebês, porém, cuidados locais, com lavagem na hora do banho, são suficientes para lidar com a feridinha que se forma, a qual será acompanhada pelo pediatra nas consultas de rotina.

Um comentário:

  1. A de Théo virou a feridinha, "estourou", ficou um buraquinho e agora ja tá cicatrizada.. :)

    ResponderExcluir

Você achou interessante o que eu escrevi e resolveu comentar... espero críticas - sejam ela construtivas e destrutivas -, desde que não xinguem, tudo bem.
VOLTE SEMPRE!!

Comentários

comments powered by Disqus