18 junho 2012

Vacinar é preciso

Quem tem um bebezinho em casa vai entender minha fraqueza... Hoje foi o dia que tive que levar minha filhinha de 15 dias pra tomar BCG e Hepatite B.
Fui aos prantos para o posto, porque já havia levado-na para fazer teste do pezinho, e a enfermeira usou um mini-estilete (ou bisturi sei lá). Ela deu um grito doloroso que eu quase bati na enfermeira.
Hoje não foi diferente, não tive coragem de leva-lá pra vacinar... Ouvia os outros nenens chorando, vendo a minha bebezinho dormindo sem saber o que iria acontecer, me dava um nó na garganta, decidi que minha mãe iria no meu lugar... Foi o que aconteceu.
Quando reconheci o choro da minha filha eu chorava do lado de fora, os outros pais não entendiam,e eu repetia pra mim e em voz alta: É uma dor necessária, se fosse facultativo, não traria minha filha aqui!!!
E a minha cara foi ao chão, quando ela saiu dormindo como se nada tivesse acontecido... E minha mãe sorrindo e repetindo: Ela é mais valente que você
Ela tem razão, mas o meu pânico de agulha, me faz achar que ela também tem medo. Agora falta a vacina contra poliomielite que não dei agora porque a pediatra disse que depois ela toma (em agosto).
Entre lagrimas digo: MESMO QUE DOA EM VOCÊ, vacine seu filho!!! É para o bem dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você achou interessante o que eu escrevi e resolveu comentar... espero críticas - sejam ela construtivas e destrutivas -, desde que não xinguem, tudo bem.
VOLTE SEMPRE!!

Comentários

comments powered by Disqus